segunda-feira, 24 de maio de 2010

Kristen Stewart é capa da Elle de junho


*Kristen em versão "boyshy" e "girlie" na Elle de junho.

Kristen Stewart vai ser capa da edição de junho da Elle. A atriz de 20 anos que ficou conhecido no mundo inteiro após estrelar a saga “Crepúsculo”, está começando também a estampar as capas das revistas de moda.
No ensaio, a atriz posa em fotos tanto em estilo boyshy, com calça de alfaitaria, camisa e cabelos penteados para traz, tanto em fotos ultra femininas, como a em que usa o vestido de estampa de leopardo da Dolce&Gabanna, com cabelo e maquiagem meio “Audrey Hepburn”.
Além do editorial, Kristen ainda dá uma entrevista onde fala sobre sua carreira, a vida depois da fama, e porque é conhecida por ser blazé nas cerimônias do red carpet.

Leia aqui a entrevista na íntegra



*Cenas do filme "Speak" de 2004, quando a atriz tinha apenas 14 anos.

Eu confesso que torcia o nariz para ela, achava que era só mais uma daquelas atrizes teens que estouram em filmes blockbusters, que definitivamente não são meu gênero favorito. Mas essa opinião mudou quando eu assisti o filme “Speak”, O silêncio de Melinda, aqui no Brasil.
O filme é de 2004, e na época Kristen era super novinha, tinha apenas 14 anos. Fiquei impressionada com a atuação dela, tive certeza de que ela iria longe
. Certeza essa que só se confirmou quando fiquei sabendo que ela está interpretando a guitarrista Joan Jett, no filme sobre a banda “The Runaways”, ao lado de Dakota Fenning (Cherrie Currie no filme), que até outro dia era uma criança. Time de precoces esse, hein?

Bom, eu mal posso esperar pela estréia, e pelas fotos dá pra ver que o figurino é de matar. Aqui no Brasil, The Runaways ainda não tem data de estréia, e lá fora ela já está marcada para o começo de junho, data do lançamento da revista.

Mais sobre a banda The Runaways



*Sexo, drogas, rock'n roll e muuuuito girl power: Vem aí "The Runaways".


terça-feira, 11 de maio de 2010

Diz que Kate Moss montou uma banda de rock


*Kate Moss com o namorado Jamie Hince, guitarrista do The Kills, com quem teria montado uma banda.

Uma fonte disse que Kate Moss teria montado uma banda de rock com seu atual namorado, o músico Jamie Hince, vocalista do grupo de Kills. É o que afirma o jornal norte americano Daily Star.

"Kate tem uma voz maravilhosa. Isso vai mudar o jeito que as pessoas a veem". Ela nasceu para ser uma estrela do rock." - declarou uma suposta amiga da modelo.

Ainda segundo a fonte, eles já até gravaram uma música, um cover do Velvet Underground. E mais, o disco já teria até capa: Kate Moss e o namorado posando nus, bem ao estilo da polêmica capa do disco de John Lenon com a Yoko Ono.


*Kate Moss em dois momentos: No clipe de "Some Velvet Morning" do Primal Scream e em "Just don't know what to do with myself" do White Stripes.

Essa não é nem a primeira nem a segunda vez que Kate se aventura por esses campos. A top já fez várias participações em bandas de rock: No clipe de “just dont know what to do with myself” do White Stripes, dançando no queijo com muita classe e atitude, e até cantando nos álbuns das bandas Primal Scream e Lemonheads.


*Kate com Peter Doherty, com quem namorou mas nunca fez nenhum projeto musical.

Aliás, essa também não é a primeira vez que Kate está namorando um rockstar. Quem não se lembra de seu ex-boyfriend, Pete Doherty, o garoto problema?
A relação de Kate Moss com o rock é antiga, nem surpreende a notícia de que a musa estaria montando uma banda. O que surpreende mesmo é ela nunca ter feito uma participação no Libertines.


segunda-feira, 10 de maio de 2010

Line Up temporada de desfiles Verão 2011


Está chegando a temporada de desfiles Verão 2011 daqui do Brasil: A Casa de Criadores, o Fashion Rio e a São Paulo Fashion Week.
Confira abaixo o line up dessas três semanas que são tão importantes para a moda brasileira. E prepare-se, pois daqui para a frente, tudo o que se vai falar a respeito é de moda !!!


*Imagem das estilistas Carolina e Isadora Foes Krieger da marca Gêmeas e dos desfiles das marcas Walério Araújo e Purpure.

Casa de Criadores - de 24 a 26 de maio

Local: Centro de Convenções Frei Caneca

Novidades para essa edição: Entre as novas marcas que desfilarão estão Gabriela Sakate, Juss e Yoon Hee Lee. No LAB, estreiam os estilistas Cynthia Hayashi, revelação do Projeto Ponto Zero; e Luiz Leite, vencedor do 1º Fashion Mob, realizado em 2009.

Outra novidade é a transição de Karin Feller, Arnaldo Ventura, Jadson Raniere e Danilo Costa para o time principal da Casa. Após se destacarem no LAB da edição anterior, os quatro estilistas apresentarão suas coleções ao lado das marcas Der Metropol, R. Rosner, Purpure, Geraldo Couto, Rober Dognani, Gêmeas, Gustavo Silvestre e Walério Araújo.

Line Up

24 de maio (segunda)
Der Metropol
R. Rosner
Purpure
Jadson Raniere
Geraldo Couto

25 de maio (terça)
LAB: Luiz Leite
Gabriela Sakate
Juss
Cynthia Hayashi
Yoon Hee Lee
Rober Dognani
Gêmeas

26 de maio (quarta)
Gustavo Silvestre
Arnaldo Ventura
Danilo Costa
Karin Feller
Walério Araújo



*Imagens dos desfiles de Walter Rodrigues, Redley, Maria Bonita Extra, Juliana Jabour e New Order

Fashion Rio – de 27 de maio a 1° de junho

Local: Píer Mauá

Novidades para essa edição: As marcas OESTUDIO e Isabela Capeto migram do SPFW para o Fashion Rio. A grife de moda praia Triya participa desta edição do evento que ainda conta com o retorno das marcas British Colony (sob comando do estilista Maxime Perelmuter) e Blue Man – esta última faz o seu primeiro desfile de passarela depois da morte de seu fundador, David Azulay, em 2009. A grife de beachwear Luiza Bonadiman comunicou que não participa desta edição do evento, enquanto Victor Dzenk informou seu desligamento definitivo do Fashion Rio.

Line Up

27 de maio (Quinta-feira)
16h00 Walter Rodrigues
17h00 Nica Kessler
18h00 Mara Mac
19h30 Salinas
20h30 R.Groove
21h30 Acquastudio

28 de maio (Sexta-feira)
15h00 Redley
17h00 Claudia Simões
19h30 Totem
20h30 Graça Ottoni
21h30 Lenny

29 de maio (Sábado)
16h00 Cantão
17h00 Tessuti
18h00 Printing
19h00 Maria Bonita Extra
20h30 Ausländer
21h30 Alessa

30 de maio (Domingo)
12h00 Blue Man
16h30 Filhas de Gaia
18h00 Cavendish
19h30 Melk Z-Da
20h30 OESTUDIO
21h30 TNG

31 de maio (Segunda-feira)
16h00 Giulia Borges
17h00 Patachou
18h00 British Colony
19h00 Juliana Jabour
20h15 Espaço Fashion
21h30 Carlos Tufvesson

01 de junho (Terça-feira)
16h00 Triya
17h00 Lucas Nascimento
18h30 Andrea Marques
19h30 Têca
20h30 New Order
21h30 Isabela Capeto



*Imagem dos desfiles de Fórum Tufi Duek, Alexandre Herchcovitch feminino, Cavalera, Lino Villaventura e Neon.

SPFW – de 9 a 14 de junho

Local – Bienal do Ibirapuera

Novidades nessa edição: As grifes João Pimenta, Adriana Degreas e Fernanda Yamamoto passam a integrar o line up de desfiles, além da marca portuguesa Ana Salazar, que desfila como convidada do evento. Duas grifes optaram por não desfilar nesta edição: Huis Clos e Maria Garcia. Em comunicado oficial das marcas, lê-se: “Decidimos não participar desta edição do SPFW para aperfeiçoamento dos processos internos de negócios, mas pretendemos retornar em janeiro de 2011, com foco realinhado e mais força”. As grifes 2nd Floor e UMA por Raquel Davidowicz também optaram por não desfilar nesta edição do SPFW.

Line Up

09 de junho (Quarta-feira)
15h00 Forum Tufi Duek
16h00 Erika Ikezili
17h30 Priscilla Darolt
19h00 Rosa Chá
20h15 Reserva
21h30 Cia Marítima

10 de junho (Quinta-feira)
12h30 Iódice
15h00 Ellus
17h00 Água de Coco por Liana Thomaz
18h00 Alexandre Herchcovitch (fem)
19h00 Cori
20h00 Osklen
21h15 Triton

11 de junho (Sexta-feira)
11h00 Cavalera
15h30 Maria Bonita
16h30 Wilson Ranieri
17h30 Movimento
18h30 Simone Nunes
19h30 Samuel Cirnansck
21h00 FH por Fause Haten

12 de junho (Sábado)
13h15 Reinaldo Lourenço
15h30 Jefferson Kulig
16h30 Animale
18h30 Ana Salazar
20h00 Adriana Degreas
21h30 Lino Villaventura

13 de junho (Domingo)
12h00 Do Estilista
14h30 Neon
16h00 João Pimenta
17h00 Paola Robba
18h00 Amapô
19h00 Mario Queiroz
21h00 Colcci

14 de junho (Segunda-feira)
13h15 Gloria Coelho
16h00 Alexandre Herchcovitch (masc)
17h00 Ronaldo Fraga
18h00 Fernanda Yamamoto
19h00 V.ROM
20h15 André Lima

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Exposição sobre o estilista Jean-Charles de Castelbajac



*Flyer da exposição “ An Encounter of the Fifth Kind”, sobre a obra do estilista Jean-Charles de Castelbajac.

Acontece até o dia 30 de junho em Londres a exposição “ An Encounter of the Fifth Kind”, sobre a obra do estilista francês Jean-Charles de Castelbajac.
Em sua vasta obra, construída em 40 anos de trabalho do mundo da moda, Jean-Charles sempre se destacou por fazer coleções totalmente “outsiders”, que não são regradas às tendências ou ao apelo comercial.

*Smile, Barack Obama, Visa Credit Card, Michael Jackson e Debbie Harry: tudo vira moda nas mãos do estilista.

Suas principais inspirações são a Pop Art, celebridades, personagens de desenho animado e principalmente os quadrinhos, influência do artista Roy Lichtenstein.
Tudo já foi para a passarela de Castelbajac, desde legos, cartões de crédito, Michael Jackson, Debbie Harry, até ao rosto de Barack Obama. O mundo pop é sempre uma constante.
Em sua última coleção, JCDC trouxe um tema medieval, mas claro, em uma releitura atualíssima, com direito até a sapatilhas com o rostinho do Bamby da Disney.


*Coleção Outono/Inverno 2010: "medievalismo" atualíssimo.

Para quem tiver a oportunidade de passar pelas ruas Ochard e Oxford, a exposição é imperdível. Sobre o “Um encontro de quinto Grau” e todo o tema intergaláctico que embala a exposição, Jean-Charles se justifica: “Sempre me senti um alien no mundo da moda”.


*Imagem de JDdC ao final de seu desfile de Primavera/Verão 2010


terça-feira, 4 de maio de 2010

Madonna é capa da Interview de maio


*As duas versões da capa da Interview Magazine de maio.

Madonna é a capa da Interview Magazine de maio que será lançada no próximo dia 11.
O ensaio está super sensual e todo em preto e branco, clicado pela dupla de fotógrafos Mert Alas e Marcus Piggott.



O clima das fotos mistura o estilo da diva em álbuns como o “like a prayer” e “erótica”, bem ao estilo Madonna de ser.

Além dele, essa edição traz uma entrevista exclusiva da diva ao cineasta Gus Van Sant, diretor de filmes como Elephant, Paranoid Park,
Paris, je t'aime e Milk, esse último, protagonizado pelo ex marido da cantora, o ator Sean Penn.



Madonna já foi capa da Interview diversas vezes: em 1990, na época do álbum “erotica”, em 2000, quando lançava “music”, e em 2008, quando estava em turnê do disco “hard candy”.

* Da esquerda para a direita: Madonna em 2008, vestida com o tema do albúm "hardy candy", em 2000, com o albúm music e em 1990, em "erótica".

terça-feira, 20 de abril de 2010

Exposição “Mr. América” na estação Pinacoteca

*As clássicas sopas Campbells, que estão expostas na Estação Pinacoteca.

Finalmente fui comferir a exposição de Andy Warhol neste final de semana. Depois de Nitsche & Tozzi e do Circuito Pop Art no Cine Mube, só faltava o "Mr. América" mesmo, que eu já até tinha comentado aqui.
Nela, estavam as clássicas obras de Andy: os retratos de Marilyn Monroe, de Jackie Kennedy, Mao Tse Tung, as inconfundíveis sopas Campbell, além das polêmicas Electric Chair e Suicide, da série de fotografias sobre a violência nos EUA.
Na mostra também era possível conferir os screen tests que Andy Warhol realizava em sua Silver Facotory, com gente famosa e cool da época, como o músico Bob Dylan e as modelos Jane Hotzer e Nico.
Por fim, os espaços como os dos balões prateados incrementavam a atmosfera Pop Art do lugar.
Se você ainda não foi conferir a exposição, ainda dá tempo, “Mr. América” ficará na Estação Pinacoteca até 23 de maio.
Vale lembrar que essa é a maior exposição do artista já feita na América Latina. Aproveite!


Confira aqui algumas das obras que estão na Estação Pinacoteca:


*Retrato de Marilyn Monroe, possivelmente, a mais famosa obra de Andy.


*Retrato do ditador Mao Tse Tung: Política virava Pop nas mãos de Warhol.



*Serie de retratos de Jackie Kennedy, viúva do ex-presidente dos EUA, Jack Kennedy, morto em um atentado. Depois do episódio, Jackie passou de primeira dama a heroína americana.



*Auto-retrato de Andy Warhol.



*Cadeira Elétrica



*Suicide. Essa e a obra anterior retratam fotos de violência urbana, que seriam censuradas nor jornais, mas imortalizadas pelo artista. E mostram que o Pop também vive do sensacionalismo.



*Screen test da modelo Jane Hotzer. Em seus testes de vídeos, Andy retratava figuras famosas da época aginda "naturalmente", no caso de Hotzer, escovando os dentes.



*Video "Empire State".

*Espaço "Silver Baloons".


quarta-feira, 14 de abril de 2010

LCD Soundysystem implora para fãs não distribuírem o disco. O pedido foi atendido?


Quando eu li ontem a matéria do LCD Soundsystem, dizendo que os integrantes chegaram a implorar para os fãs não divulgarem o disco que havia sido distribuído durante o show secreto da banda, cheguei até a pensar por um segundo que alguém ainda tem ética nesse mundo e que algum fã agradecido atenderia ao pedido.
A certa altura do show, o líder da banda James Murphy ficou de joelhos pedindo que não repassassem as cópias, caso tivessem baixado.
"Se você conseguiu uma cópia do disco hoje e você quer dividir com o resto do mundo, então por favor não faça isso", disse.
"Nós passamos dois anos fazendo esse disco e nós vamos lançá-lo quando quisermos. Eu não me importo com dinheiro – depois que for lançado, vocês podem dar para quem vocês quiserem de graça, mas até lá, guarde pra você", pediu.

Será que os fãs atenderam ao pedido? Que nada!
No mesmo dia, a cópia do novo álbum
“This is Happening” já estava rolando na web.

E olha esse tweet que estava rolando hoje na página inicial do Twitter.

*Hypem anuncia: "Entire LCD Soundsystem new album here"


Quer baixar o álbum também?

*Capa do novo albúm This is Happening, que já pode ser baixada também.

O mundo está perdido mesmo, tudo em prol da informação na internet.


terça-feira, 13 de abril de 2010

Susan Boyle quer umas dicas de estilo da Lady Gaga

*Susan Boyle já melhorou sua aparência, mas ela quer mais: Ter dicas de estilo com Lady Gaga.

Susan Boyle, a cantora escocesa que ganhou fama no reality show Britain's Got Talent, disse que gostaria de gravar um dueto com Lady Gaga, além de ganhar algumas dicas de estilo.
"Acho Lady Gaga uma artista maravilhosa, totalmente original e amo seus figurinos", disse Boyle. "Eu adoraria fazer um dueto com ela, completo, com direito a um chapéu de telefone também!", afirmou em relação ao figurino do clipe de "Telephone" de Gaga, que eu
já comentei por aqui.

*O clipe de "Telephone", com o chapéu de Lady Gaga que Susan tanto gostou.

Alguém Imagina como seria a Susan Boyle com os figurinos excêntricos da Lady Gaga?
Eu não duvido nem um pouco dessa parceria, afinal Gaga não tem preconceitos com divas de idade avançada, prova disso é sua parceria com Cindy Lauper para a marca de cosméticos MAC, onde a foto de divulgação de Gaga e Lauper posando juntas ficou ótima.


*Foto de divulgação da parceria entre Lady Gaga e Cindy Lauper para a MAC.

É... Realmente umas dicas da Lady Gaga não fariam mal à Susan.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Morre Malcom MacLaren, mentor do Punk Rock



*Foto mais recente do empresário.

Morreu ontem dia 08/04 aos 64 anos, Malcom MacLaren, ex-empresário do Sex Pistols.

Segundo Young Kim, namorada de Malcom, ele faleceu em um hospital da suíça, onde há cerca de alguns anos, lutava contra um câncer.


McLaren começou a empresariar a banda em 1975, que na época ainda se chamava “The Strand”. Aliás, reza a lenda que foi ele quem sugeriu o nome “Sex Pistols”.

Na época, McLaren era casado com Vivienne Westwood, estilista que foi responsável pelo visual da banda, e mais tarde, por o de toda uma geração.


*Foto da banda Sex Pistols, na época empresariada por Malcom McLaren.

Dentre as marcas que os dois criaram em parceria estão a “Let it Rock” e a lendária “Sex” (que justifica bastante a história do nome da banda).
O casal teve um filho, Joseph Corré, que mais tarde se tornou co-fundador da famosa marca de lingeries Agent Provocateur.

Além dos Sex Pistols, de Londres, Malcom ainda trabalhou com outras bandas lendárias como o New York Dolls e o Neon Boys (futuro Television), ambos dos Estados Unidos.


McLaren será enterrado hoje, no cemitério de Highgate, região norte de Londres.



*McLaren e Vivienne Westwood, que eram casados na década de 70.


terça-feira, 6 de abril de 2010

Interview Magazine – De Andy Warhol ao iPad.


*Edição da revista de 2009, com a cantora Björk na capa.

A Interview Magazine é uma publicação que foi criada em 1969, por Andy Warhol e John Wilcock. A revista ficou conhecida por fazer entrevistas com gente famosa da época, e que na maioria das vezes não era editada e tinha altas doses de declarações politicamente incorretas. O design da revista também tinha muito da estética de Andy, bem ao estilo Pop Art, “essência” que até hoje é mantida.
Aliás, não por menos, que ela é chamada de “bola de cristal do Pop”, pois desde seu lançamento, a revista sempre antecipou o que viraria “febre” no mundo pop.

* Edição de 1969, ano de estréia da revista, com Natassha Kinski na capa, quando Andy Warhol ainda liderava a edição da revista.

Depois da morte de Andy Warhol, em 1987, a Interview passou por um período de declínio, e estaria fadada ao seu fim se em 2008 não tivesse sido repaginada e dado a volta por cima, sob a direção de Fabien Baron.
Agora, quem diria, em pleno mundo contemporâneo, a Interview foi eleita como a primeira revista de moda a integrar o iPad, mais novo lançamento e objeto de desejo da Apple.


*Edição de 2008, com o estilista Marc Jacobs na capa, já sob o comando de Fabien Baron.

A primeira edição da Interview para o aparelho vem com 330 “telas”, entre imagens e textos assinados por artistas como Ke$ha e Justin Bieber, além de um editorial de moda fotografado por Terry Richardson. E ainda um vídeo de 20 minutos dirigido por Bruce Weber (quem diria que os vídeos um dia chegariam às revistas?).
No iTunes Store, a Interview sai por US$ 0,99 (noventa e nove centavos de dólar) e a revista impressa chega às bancas no dia 12 de abril, e custa cerca de R$ 30 aqui no Brasil.


* A edição de Abril de 2010, já disponível para o iPad.

Para maiores informações, leia a matéria no FFW.


quinta-feira, 1 de abril de 2010

Nistch e Tozzi - A Pop Art Brasileira



*Cartaz da exposição no lado externo do Centro Cultural Citi. O cartaz mescla a obra "A Mão" de Marcelo Nitsche com "Multidão" de Cláudio Tozzi.

Marcelo Nitsche e Cláudio Tozzi são um dos melhores artistas representantes do movimento da Pop Art no Brasil. O que os torna não só mais dois artistas de um movimento importado dos Estados Unidos, é que as obras de Nitsche e Tozzi são bem mais críticas, irônicas e com fundo político. Por vezes, carregam uma identidade brasileira que nunca seria possível nas obras de Warhol.
Com a exposição de Andy acontecendo na Pinacoteca, esta é uma bela oportunidade para observar estas diferenças, coisa que o Centro Cultural Citi propõe ao trazer essa exposição, em comemoração aos 95 anos da cidade de São Paulo.
A cidade está ficando mais velha, mas em compensação, fica mais rica culturalmente a cada dia.

Comento aqui no Blog cada um dos artistas e suas respectivas obras:

Marcelo Nitsche

Nitsche traz temas mais lúdicos a suas criações, mas no fundo, todas têm o mesmo conteúdo de questionar a vida moderna e o consumo de massa. Também é interessante notar que Nitsche usa diferentes técnicas e materiais em suas obras, além de se aventurar bem mais na escultura do que Tozzi.

*"A Pincelada", anos 2000 - Pop Art com alma de artista. É impossível olhar a obra e não tentar fazer o movimento da pincelada com a mão.


*"A Pincelada" versão "escultura"- A obra é um paradigma pois, feita de material rígido, não posse ser considerada pintura e nem escultura, por que nem corpo tem. Seria algo como a alma da pincelada.


"A Mão" e "Pneu". Só dá para ver olhando para a obra, mas a gota de sangue escorrendo é em alto relevo, feita de espuma com PVC.


*Cartaz da obra "Código de Barras", exposto na entrada do Centro Cultural Citi.


*E a pintural real de "Código de Barras"na exposição, na variante vermelha. Ambas são de 2002.


*"Explosão", anos 2000. - Será que essa é a bomba de Yroshima?


*"Roupa de plástico", década de 70.


Claudio Tozzi

Tozzi tem como marca principal de seu estilo trazer coisas do cotidiano para suas obras. "A Multidão", por exemplo, poderia ter se passado em qualquer jogo de futebol daqui. Outra característica de seu estilo é a forte presença de símbolos da cultura brasileira e latino-americana, que Tozzi retratava em suas obras.

*"O Astronauta"- A obra retrata os avanços tecnológicos e a conquista espacial.


*"Lunar", de 1972/73.



*"Panela de Pressão"- A modernidade chegou aos nossos lares (Nas Casas Bahia mais perto de você).


*"O olhar", de 1967- Obra enigmática, com técnica parecida com a que Andy usava (cerigrafia + pintura) e com ótima combinação de cores. Mais 60's, impossível.


*"Dupla Face", de 1968. A mesma técnica da anterior, com uma "loucurinha" psicodélica. Legal é o jogo de perspectiva que Tozzi usou.


*"Che Guevara", o revolucionário argentino ganha ares de super herói.


*"A Multidão", de 1968. Símbolo máximo de nossa sociedade e de nossa cultura.



"Ambulância", com técnica de pontilhado bem mais detalhada e com aparência "nublada".


*"Elevador"- Símbolo do que se tornou nossas moradias na vida moderna, com prédios cada vez mais altos, onde trabalhamos e vivemos. A combinação de cores da obra também é belíssima.


*"Parafuso", de 1972. O jogo de cores dá profundidade e movimento ao desenho.


*"Papagália", de 1980- Símbolo de nossa fauna e flora, em uma fase mais naturalista do artista.



*Cartaz da obra "Em Viagem" de 1967, exposto na entrada do Centro Cultural Citi.


Ocorreu um erro neste gadget